Fechar [X]

Atenção!



O CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DO OESTE PAULISTA – CIOP INFORMA QUE A PARTIR DE 20/12/2018 CONFORME RESOLUÇÃO Nº 21/2018, APROVADA EM ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 28/09/2018 “INSTITUI O DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO EM SUBSTITUIÇÃO A PUBLICAÇÃO IMPRESSA E SERÁ VEICULADO NO ENDEREÇO ELETRÔNICO http://www.ciop.sp.gov.br NA REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES – INTERNET”, TORNANDO-SE O ÓRGÃO OFICIAL LEGAL DE DIVULGAÇÃO DOS ATOS ADMINISTRATIVOS.



Serviços On-Line

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sem Imagem
12/04/2019

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

O Diretor Executivo do Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista – CIOP, Carlos Augusto Vreche, vem através desta, apresentar esclarecimentos aos fatos noticiados pela imprensa envolvendo o desvio de aproximadamente R$ 145 mil reais dos cofres públicos praticado pelo ex-gerente administrativo e financeiro da Cidade da Criança, Marco Antônio de La Casa.

Primeiramente, é de suma importância deixar claro que o CIOP, instituição pública, de natureza autárquica, representada por seus agentes políticos, e também por essa Diretoria Executiva, jamais pactuaram com atividades ilícitas praticadas por seus empregados públicos, sejam eles concursados ou comissionados.

Em relação a ação de improbidade administrativa promovida pelo Ministério Público contra o ex-gerente financeiro, Marco Antônio de La Casa, trata-se de uma medida que se iniciou pela fiscalização do próprio Consórcio Intermunicipal – CIOP e Secretaria do Turismo de Presidente Prudente.

Após o descobrimento de indícios que o ex-gerente “Marco” estava fraudando relatórios mensais de arrecadação, iniciamos procedimentos internos de investigação, inclusive tivemos que contratar empresa especializada para nos dar respaldo da quantidade desviada a ser apurada.

Ao final de toda a apuração interna, o CIOP encaminhou seu processo de investigação ao Ministério Público para tomar as providências que entendesse cabíveis.

Embora o CIOP ainda não tenha recebido a intimação do processo judicial, sua futura participação em tal, será como parte interessada ao desfecho da causa e que o agente causador recebe a punição devida.

Por fim, reforço que o CIOP não Réu na ação, e que pessoas ligadas ao mesmo (concursados e comissionados) tenham consciência que atitudes como tais não serão, em hipótese alguma, admitidas por essa gestão.

Por ora, é o que cabe informar.

 

 

Presidente Prudente/SP, 12 de abril de 2019.

 

 

CARLOS AUGUSTO VRECHE

DIRETOR EXECUTIVO

 

Arquivo anexo


Abrir Notícia

Gestão CIOP

Municípios

Alfredo Marcondes

Alfredo Marcondes

Álvares Machado

Álvares Machado

Caiabu

Caiabu

Euclides da Cunha Paulista

Euclides da Cunha Paulista

Flora Rica

Flora Rica

Flórida Paulista

Flórida Paulista

Iepê

Iepê

Indiana

Indiana

João Ramalho

João Ramalho

Martinópolis

Martinópolis

Mirante do Paranapanema

Mirante do Paranapanema

Narandiba

Narandiba

Nova Aliança

Nova Aliança

Ouro Verde

Ouro Verde

Presidente Bernardes

Presidente Bernardes

Presidente Epitácio

Presidente Epitácio

Presidente Prudente

Presidente Prudente

Rancharia

Rancharia

Regente Feijó

Regente Feijó

Rosana

Rosana

Santo Anastácio

Santo Anastácio

Santo Expedito

Santo Expedito

Taciba

Taciba

Teodoro Sampaio

Teodoro Sampaio